Cidade natal de Marc Chagall inaugura sua primeira sinagoga em um século

A cidade natal do falecido artista Marc Chagall viu a abertura da primeira sinagoga em mais de um século.

A comunidade judaica de Vitebsk, localizada  250 km a nordeste da capital bielorrussa de Minsk, celebrou o mês passado a inauguração da nova sinagoga.

O rabino de Vitebsk, Malkiel Gorgodze, afixou a mezuzá no portal da nova sinagoga, Ohel David (Tenda de David), que foi construída com apoio municipal perto do museu Chagall da cidade. A nova sinagoga, Ohel David, é construída com tijolos vermelhos pelos quais Vitebsk – uma das mais belas cidades da Bielorrússia – é conhecida internacionalmente.

Com capacidade para centenas de fiéis, o design incomum da sinagoga tem um dos seus cantos acima dos outros três e uma faixa branca acentuando o contorno do seu telhado. Ambas as facetas que compõem o canto elevado têm uma única janela grande e redonda com uma Estrela de David presa em sua moldura.

“Vitebsk é uma cidade historicamente judaica”, disse Leonid Tomchin, presidente da comunidade judaica de Vitebsk, no evento, que atraiu uma multidão de centenas de pessoas.

Tomchin destacou que, no início do século 20, mais de metade da população da cidade era judaica, com 64 sinagogas em Vitebsk.

A grande maioria dos judeus que viveram no que hoje é a Bielorússia foram assassinados no Holocausto. Hoje a cidade tem algumas dezenas de judeus.

A nova sinagoga substituiu um lugar de culto do tamanho de um apartamento que era pequeno demais para acomodar todos os fiéis durante as férias, acrescentou Tomchin.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*