Israel cancela exposição dos Manuscritos do Mar Morto na Alemanha

Israel retirou uma exposição planejada dos Pergaminhos do Mar Morto em Frankfurt porque o governo alemão não garantiria seu retorno, se reivindicado por palestinos ou jordanianos.

O Museu da Bíblia de Frankfurt anunciou que cancelou a exibição que estava que tinha sua abertura anunciada para de setembro de 2019. Seu diretor, Jürgen Schefzyk, disse que lamentou a decisão do governo alemão, acrescentando que nem a Holanda nem a Áustria hesitaram em conceder a imunidade necessária.

De acordo com notícias da Alemanha, a garantia do governo teria impedido as autoridades palestinas ou jordanianas de contestar a proveniência dos pergaminhos, que estão entre os textos conhecidos mais antigos relacionados à Bíblia hebraica.

O Museu da Bíblia de Frankfurt, que é amplamente financiado por uma organização guarda-chuva protestante local, teria trabalhado em estreita colaboração com funcionários da Israeli Antiquities Authority (IAA) há anos. De acordo com o diretor do museu, Dr. Jürgen Schefzyk, a exposição foi baseada em uma garantia da Alemanha para Israel de que os pergaminhos seriam devolvidos.

Boris Rhein, ministro da cultura do estado de Hesse, disse às agências de notícias alemãs que o Ministério das Relações Exteriores alemão e o comissário federal para assuntos culturais consideravam que a propriedade dos pergaminhos não era clara. Rhein disse que ele teria emitido com prazer a garantia se pudesse.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*