Haifa já tem carros elétricos compartilhados, como as bicicletas laranja no Brasil

Car2Go chega à Haifa com o elétrico Renault Zoe

Por vezes o Brasil parece ser uma daquelas pessoas em brinquedos onde se tenta correr o máximo possível preso por uma tira elástica. A ideia do brinquedo é nunca conseguir chegar ao final da pista e no Brasil parece que nunca conseguimos chegar no futuro, enquanto outros países já cortaram seus elásticos faz tempo.

Desta vez é Haifa que sai na frente em Israel. Se os sistemas de aluguel por app de bicicletas largou inicialmente em Tel Aviv, o de carros elétricos dispara em Haifa. O nome da empresa é Car2Go, um subsidiária do fabricante automotivo Daimler, que já opera em 27 cidades. O cliente pode reservar um carro com 15 minutos de antecedência numa das 300 vagas especiais na cidade ou  num dos 30 postos de recarga elétrica. O investimento inicial foi de 1,2 milhões de dólares em Haifa e aos primeiros 40 carros, outros 60 estarão operando até janeiro de 2019.

O custo é de 40 centavos de dólar por minuto, o que é mais caro que ônibus e mais barato que táxi.

O Renaul Zoe tem interior moderno e agradável, mas é apenas para 4 pessoas

O carrinho é o Renault Zoe, considerado um super-mini de 4 portas para 4 passageiros. Sua capacidade elétrica equivale a um motor de 89 cv e possui dois tipos de baterias de ion de lítio. A original lhe dá 250 km de autonomia em ciclo urbano e a mais nova, introduzida em setembro de 2016 eleva a autonomia para 400 km.

Fora do Zoe está seu pacote de baterias de ion de lítio com autonomia para 400 km

Obviamente nosso Brasil, que comemora ter o carro mais vendido mensalmente por aqui, batendo as 18.000 ou 19.000 unidades, não vai entender nunca como o Renault Zoe, que nem sabemos direito o que é, além de elétrico, vende estáveis 50.000 unidades mês, desde seu lançamento no começo de 2012.

José Roitberg
About José Roitberg 323 Articles

Jornalista, professor sobre o Holocausto formado no Yad Vashem e pesquisador sobre a história dos judeus e do Rio de Janeiro.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*