Menorah Nº 683 – O Massacre de Munique de 1972 e a homenagem no Rio em 2016

23
0

683_revista_menorah_ago-2016-300Em agosto o clima olímpico continua e numa ação inédita na história, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman e o presidente do COI, o medalhista olímpico alemão Thomas Bach, se uniram para passar a limpo o Massacre da Olimpíada de Munique em 1972, coisa que o COI tinha se recusado a fazer ao longo de 44 anos. Os três juntos criaram um memorial transportável constituído por uma pedra da planície de Olímpia, que a partir de 2016 passar a ser parte de todas as próximas Vilas Olímpicas. A prefeitura e o COB também realizaram a primeira cerimônia oficial numa olimpíada em memória aos atletas israelenses assassinados em 1972. Menorah, traz tudo!

E nesta edição, publicamos a última grande entrevista que João Havelange concedeu antes de falecer.

Assine já e garanta o seu exemplar. Ligue para (21) 2235-1242, em horário comercial e fale com um de nossos atendentes, ou assine pelo site, clicando aqui.