Revista Menorah

Fundada em 1960, MENORAH é hoje a mais antiga revista mensal judaica em circulação ininterrupta de todo o mundo.

Editada mensalmente, MENORAH leva o mundo até seus leitores, através de belíssimas fotos, planejamento gráfico caprichado, e os melhores textos, escritos por uma equipe de craques da palavra e da análise crítica. Com base em sua tradição, mas sem se deter em tabus, a revista aborda assuntos com coragem e distanciamento crítico.

Duas vezes por ano lançamos edição especial bilíngue, MENORAH MUNDO, sempre com uma matéria internacional que traz uma visão da vida em diferentes comunidades judaicas ao redor do mundo.

Com um acervo de mais de 80 mil imagens exclusivas, colhidas em mais de 50 países, MENORAH realiza um trabalho único entre todos os periódicos judaicos do mundo. Além disso, a revista também dedica duas edições anuais a assuntos do Oriente Médio, escritos e produzidos por nossos enviados especiais, e que registram aspectos inéditos sobre a história, a sociedade e os projetos daquela região. Política brasileira em evidência com análise própria também pode ser encontrada em suas páginas.


Founded in 1960, MENORAH is now the oldest Jewish monthly magazine in uninterrupted circulation around the world.

Published monthly, MENORAH brings the world to its readers through beautiful photos, neat graphic design and the best texts, written by a team of word and critical analysis experts. Based on its tradition, but without being restricted by taboos, the magazine addresses issues with courage and critical distance.

Twice a year we launch a special edition bilingual MENORAH MUNDO, always with an international article that brings a vision of life in different Jewish communities around the world.

With a collection of over 80,000 exclusive images, collected through more than 50 countries, MENORAH performs a unique task between all Jewish periodicals in the world. In addition, the magazine also devotes two yearly editions about Middle East affairs, written and produced by our special correspondents, who record new aspects about the history, society and projects in that region. Relevant brazilian politics with its proper analysis can also be found on the magazine’s pages.